Engordando na quarentena? Veja 6 dicas para não furar a dieta!

Nutricionista assegura: é possível manter uma alimentação saudável mesmo em meio ao isolamento social
1/1

Com a quarentena, a rotina alimentar de muita gente saiu da linha e deu espaço a uma alimentação desregrada e cheia doces e carboidratos. O fato é que ficar mais tempo dentro de casa mexe mesmo com o apetite, e aquela vontade de comer parece insaciável.

A nutricionista do Grupo Mateus, Kátia Sousa, explica que essa sensação é realmente bem comum, já que a ansiedade pode aumentar, o que leva à vontade frequente de comer. “As pessoas ficam mais ociosas e encaram os alimentos, em especial, doces e fast foods, como uma válvula de escape para diversos sentimentos”, comenta.

Diante desse momento de estresse e ansiedade, como seguir a dieta à risca? Segundo a nutricionista, é possível continuar com uma alimentação saudável mesmo em meio ao isolamento imposto pela pandemia. Para isso, basta adotar alguns hábitos na rotina e fazer algumas substituições no cardápio. Veja!

  • Faça uma lista de compras antes de ir ao supermercado

Nossa primeira dica é fazer sua lista de compras e seguí-la à risca. Quantas vezes você já foi ao mercado comprar apenas algo básico para o jantar, mas acabou levando muito além do que estava na lista? Resolver esse problema é facíl e só depende de você, então faça suas compras com foco!

  • Leia os rótulos dos alimentos com atenção

Ainda no supermercado, tenha o hábito de ler os rótulos dos produtos, pois é importante entender o que tem nos alimentos que você ingere. “É por meio das informações nutricionais que você pode descobrir o quanto de açúcar, sal e gorduras está colocando para dentro do seu organismo. Assim, você pode controlar o que come, livrando-se de alimentos com corantes e conservantes”, alerta.

  • Evite carboidratos simples

Em casa, evite carboidratos simples, como arroz, pão e macarrão, que não são uma boa opção para dietas. “Esses alimentos são inflamatórios e não dão saciedade. Na verdade, dão a sensação de que se está com fome o tempo todo, por isso não são boas opções”, comenta Kátia Sousa.

  • Deixe à vista alimentos saudáveis

Ao chegar do supermercado, higienize os alimentos e coloque as frutas à sua vista. Assim, você irá estimular os seus sentidos a desejar os alimentos que estão no campo de sua visão e sentirá vontade de comê-los. “Uma ótima alternativa é montar uma cesta de frutas em cima da mesa ou na cozinha. Ela estará ao seu alcance sempre que sentir fome”, destaca.

  • Mantenha a mente ocupada

Como já vimos, essa vontade de comer e fugir da dieta pode ser fruto de uma ansiedade. E com todo esse tempo livre durante a quarentena, costumamos ter pensamentos que nos deixam ainda mais ansiosos. Nesse momento, a dica da nutricionista é manter a mente ocupada. “O ideal é procurar coisas para fazer. Se você tem como trabalhar em casa, faça o seu home office. Se não, leia um livro, assista uma série ou um filme, brinque com os filhos, e tente não dar espaço para a ansiedade ou pensamentos ruins”, orienta.

  • Movimente-se

Para finalizar, a nutricionista Kátia lembra que, além de uma dieta saudável, manter uma rotina de exercícios é imprescindível para evitar o excesso de peso e manter a sensação de bem-estar. “Não use a quarentena como desculpa para não se exercitar. Busque treinos e faça em casa mesmo. Até alongar todos os dias já melhora sua condição física”, incentiva a especialista.