Empreendedorismo junino: saiba como montar cestas juninas e garantir uma renda extra

1/2

Além de ser uma das manifestações culturais mais tradicionais no Brasil, as festas juninas também geram empregos, movimentam a economia e divertem multidões nesta época do ano. No entanto, ao contrário dos anos anteriores, 2020 não terá os arraiais ou as quadrilhas tradicionais na época, tudo para evitar aglomerações e a disseminação da COVID-19, doença que já matou quase 50 mil pessoas em todo país.

 

Sem os arraiais e em meio ao isolamento social, recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a alternativa é levar o São João até os apaixonados pela festança. E, se depender de algumas empreendedoras, pratos como arroz de cuxá, canjica e cocadas não ficarão para o próximo ano. Elas criaram cestas e festas juninas na caixa e entregam os pedidos na casa dos clientes.

 

Acostuma a preparar bolos de aniversários e casamentos, a confeiteira Cleidiane Lima encontrou nas cestas juninas uma opção de renda extra. “As caixas são montadas de acordo com o gosto do cliente. Alguns preferem pratos salgados outros doces e têm aqueles que gostam dos dois. Além dos bolos que já faço, essa foi uma alternativa de levar para cada pessoa um pouco do sabor junino”, revela a empresária.

 

Como montar?

 

O arraiá na caixa ou na cesta, também chamado de kit Festa Junina, é uma solução gostosa e para as festas de São João, tanto para vender, quanto para presentear. A ideia segue a mesma lógica das caixas de aniversário ou cestas de café da manhã, já conhecidas como presentes em outras épocas do ano. Para ajudar você a montar a caixa e garantir uma renda extra, seguem algumas dicas:

 

  • Sem trabalho

 

Para as pessoas que preferem não se arriscar na cozinha, uma ótima opção é comprar os itens prontos, como aconselha Rivandré Basileu, analista de Marketing do Grupo Mateus. “Nas lojas da Cohama, Calhau e Renascença contamos com  barracas do São João, que têm um cardápio recheado das tradicionais comidas típicas da época, tudo vendido no peso. Essa é uma alternativa de comprar o prato já pronto e embalado, para depois só montar na cesta”, indica.

 

  • Defina o tamanho

 

Não existe uma regra para a caixa da Festa Junina na caixa, esse é um quesito que fica a critério do tamanho do pedido, do orçamento e materiais disponíveis. Assim, você pode definir o valor de cada kit a partir do seu tamanho e número de itens. O importante é ser fiel à temática para que o kit Festa Junina realmente tenha cara de Arraiá.

 

  • Itens

 

Na hora de escolher os itens que irão compor a cesta/caixa é importante dar preferência para os alimentos típicos da região, como cocada, doce de leite, milho e outros. 

 

  • Organização e decoração

 

Já com os itens que irão compor o kit a mão, distribua cada um dentro da cesta ou caixa de forma que fiquem organizados. Na decoração, uma dica que vai deixar a sua cesta/caixa em clima junino é a decoração, tanto do lado de fora da caixa quanto em cada item. A tampa de um doce pode  ser decorada com bandeirinhas, o fundo da caixa pode ter uma toalha xadrez como base para receber os itens ou frases juninas podem acompanhar cada item da cesta, assim como chapéus caipiras por exemplo.